RSS

Blog

UC II

 

O QUE É COLÁGENO?

 

O colágeno é a classe mais abundante de proteínas presentes no nosso organismo e faz parte da constituição da maior parte das matrizes extracelulares.

São diversos tipos de colágenos em diferentes formas de sua molécula, como intacta ou desnaturada.

 

TIPOS DE COLÁGENO

 

Existem pelo menos 16 tipos de colágeno no organismo, que tem localizações e funções estabelecidas e diferenciadas.
- De 80 a 90% do colágeno no organismo são do tipo I, II, e III
- Especificamente:
Tipo I e III - presentes na pele (colágenos desnaturados, hidrolisados).
Tipo II - presentes nas Articulações

 

 

COLÁGENO NÃO DESNATURADO TIPO II

 

O colágeno não desnaturado tipo II é constituído por múltiplas cadeias polipeptídicas ligadas umas às outras de modo a formar uma estrutura tridimensional. Isso faz da proteína uma substância resistente, que não é facilmente degradada. Para manter essa estrutura, também conhecida como tripla hélice intacta e assim evitar a perda da atividade biológica, o UC-II® é produzido usando um processo patenteado de fabricação não-enzimático, realizado em baixa temperatura.

Esta forma exclusiva de colágeno envia mensagens às articulações do organismo para limpar qualquer tecido articular desgastado. Isso permite que um novo tecido articular, a cartilagem, seja criado, melhorando, assim, a movimentação e o conforto da articulação.

 

VANTAGENS DE UC-II®

 

- Desacelera a destruição articular e diminui a inflamação;
- Aumenta a adesão do paciente ao tratamento pela pequena dosagem;
- Melhora a mobilidade e a flexibilidade das articulações;
- Permite associação com outros ativos;
- 100% natural.

 

MECANISMO DE AÇÃO

 

1. Desativa a resposta imune contra o colágeno tipo II.

Na osteoartrite, o organismo passa a não “reconhecer” o colágeno (proteína) presente nas articulações. O sistema imune ataca o colágeno e o destrói.

 

2. Torna o organismo tolerante ao colágeno tipo II presente nas cartilagens.

O UC-II® ingerido oralmente, ao passar pelo sistema digestivo, é reconhecido pelo organismo e isso dessensibiliza o sistema imune, causando uma tolerância oral.

 

3. A tolerância oral do colágeno tipo II suprime fortemente a inflamação da articulação.

   

As articulações são as conexões existentes entre os ossos, que permitem a mobilidade e flexibilidade dos movimentos, ou seja, quadril, joelho, ombro, cotovelo, tornozelo, dedos, punho, entre outras. Elas são compostas de cartilagem, ligamentos, tendões, bursas (sacos de líquido que ajudam a amortecer ossos e músculos) e também pela membrana sinovial (camada que secreta o líquido sinovial para lubrificar a articulação).

Qualquer uma dessas estruturas pode ficar irritada ou inflamada, em resposta a uma variedade de doenças, distúrbios ou movimento muscular. E isso pode causar as dores articulares, definidas por sintomas como: sensação de desconforto, inflamação, rigidez ou incômodo, que dependendo da gravidade pode limitar as atividades do dia a dia.

 

A dor pode ser súbita ou crônica. Esta última decorre de doenças como a osteoartrite (OA) caracterizada pela degeneração da articulação como um todo, com alterações na cartilagem, sinóvia, tendões, osso, além de atividade inflamatória aumentada.